Dono da própria história

Brother showing his sister where to go
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

“A melhor maneira de prever o futuro é cria-lo”

Gosto da ideia da responsabilidade toda em nossas mãos, por nos colocar na linha de frente da nossa vida. Claro, alumas questões não dependem apenas de nós para que aconteçam e é sobre isso que quero refletir com você.

Se você puder colocar numa balança o quanto das realizações pessoais está em suas mãos e o quanto está dependendo de algo para que aconteça, qual seria o resultado?

Com o resultado da resposta, podemos começar a perceber se estamos desejando muito o que não depende de nós e deixando de lado aquilo que realmente podemos fazer sem depender de ninguém e, enquanto várias questões surgem dentro dos teus pensamentos, gostaria de convidar você a perceber as coisas que dependem apenas de você.

1 – Valorização Pessoal

Sempre nos colocamos na posição de que o outro deve nos valorizar, nos reconhecer, nos ver, nos dar atenção… mas o que nós damos disso a nós mesmos? Nos olhar no espelho, nos desejar, nos fazer bem, reconhecer em nós tudo o que somos capazes. Aqui mora um grande desafio, focar essa energia toda de dentro para fora, trabalhando a autoestima.

2 – Experiencia Sensorial

De que forma nós experimentamos o mundo?

Nosso corpo é munido de sensores pelos quais absorvemos os estímulos externos e, através deles, temos a interpretação do que chamamos de mundo. O fato é que cada um tem uma interpretação diferente, ou seja, cada um vive seu próprio mundo.

Quanto mais consciente percebemos essa interação sensorial, mais estaremos presentes nesse mundo e mais desfrutaremos de quem nós somos. Tato, Olfato, Paladar, Visão e Audição são peritos em absorver experiências e, faço a pergunta: O quanto estamos estimulando cada um destes sentidos para uma experiência cada vez mais realista?

3 – Autoconhecimento

Junto com as experiencias sensoriais, conhecer a si abre uma porta para o crescimento que nunca antes havíamos pensado em abrir. Vale lembrar que aceitação está oposto ao comodismo, uma vez que, ao nos aceitarmos, estamos recebendo o todo que existe em nós, de bom e de não tão bom assim.

Se conhecer é descobrir de dentro para fora as oportunidades de se tornar melhor, de amadurecer e de aumentar o poder de reação diante das situações da vida. É perceber os hábitos nocivos existentes e trabalhar a troca destes por hábitos que promovam uma vida mais abundante.

Em uma linha mais profunda, é olhar para a própria história e descobrir que tudo o que se é no hoje, é fruto do todo que existe no passado, aprendendo a escolher no presente, criando um novo futuro.

Depois destas 3 razões, o quanto depende apenas de você para alcançar seus sonhos?

Que cada dia em sua vida seja realmente NOVO!

O Instituto Seu Novo Eu está presente na vida daqueles que querem mudar a forma de olhar o próprio mundo, criando novos hábitos, experimentando sensorialmente o mundo de outra forma, amadurecendo e se tornando autores da própria vida na tomada de decisões.
Entre em contato e inicie já esse encontro com sua melhor versão.

Dias Iluminados na sua vida!
Rafael Anderson de Souza – Founder

Compartilhe nas redes sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Fechar Menu